Início
Agrupamento
Atividades
Destaques
Documentos
Exames
Informações
Contactos







 Novembro 2017 
DomSegTerQuaQuiSexSab
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Há bruxas na BEP Sul! Ver artigo
No dia 31 de outubro, Dia das Bruxas, a BEP Sul foi invadida por bruxas, fantasmas e outros seres assustadores para receber alunos sedentos de diversão. Jogos fantasmagóricos e doces horripilantes, preparados pela equipa da BEP Sul, fizeram a delícia de todos, pois puderam experienciar a biblioteca num contexto diferente, ainda que não tivesse faltado, como não poderia deixar de ser, os livros alusivos às várias criaturas típicas deste dia. As várias dezenas de alunos do quarto ano de escolaridade do agrupamento também tiveram oportunidade de usufruir da “brincadeira” e foram premiados pela participação ativa com uma bruxinha da BEP Sul. 
Prof. Bibliotecária Maria José Nogueira/Equipa da BEP Sul


S. Martinho na UEAM Ver artigo


A UEAM celebrou o S. Martinho! E como não podia deixar de ser, houve bolo de castanha e um miminho para casa…


Halloween na UEAM Ver artigo


A UEAM aderiu ao espírito do Halloween e contratou um fantasma assustador para guardar a sua porta e espantar as aranhas que teimavam em construir as suas teias.

E foi assim que, no dia 31 de outubro, a UEAM celebrou o Dia das Bruxas com muita doçura e… alguma travessura…


Revista digital editada em parceria com o Agrupamento de Escolas do Pombal e o 2 nd Gymnasium de Nea Ionia de Atenas. A revista integra-se no projeto "ScienceHistory for kids" Ver artigo

A mag created with Madmagz.


À Convers@ com Pais Ver artigo


À Convers@ com Pais

A educação familiar é básica, constituindo-se como fator de proteção e prevenção  quanto a possíveis dificuldades futuras (insucesso escolar, problemas de comportamento e de aprendizagem dos alunos).

Com vista a apoiar os pais,  o "À Convers@ com Pais" tem como objetivos:

a) Promover um maior autoconhecimento das estratégias de comunicação e educação com os filhos;

b) Aumentar a autoconfiança e a capacidade de relação pais-filhos e professor-aluno;

c) Desenvolver a capacidade de os pais identificarem problemas, de os equacionar e de os resolver;

d) Promover o treino de competências que permitam enfrentar situações de conflito;

e) Partilhar ideias, saberes e experiências entre pais;


Ver mais Destaques
Oferta Educativa 2017/2018 Ver artigo

Jardins de Infância

JI Calvário - Bustelo
JI P. Pimentel - Guilhufe e Urrô
JI Igreja Marecos - Penafiel
JI Ponte Novelas - Penafiel
JI Agulha - Galegos

Escolas de 1.º ciclo EB

EB1 Igreja - Guilhufe e Urrô
EB1 Convento - Bustelo
EB1 Cruzeiro - Galegos
EB1 Covilhô - Novelas - Penafiel

Escolas do 1.º ciclo EB com Jardim de Infância

EB1 + JI Boavista - Santiago Santiago - Penafiel
EB1 + JI Torre - Urrô - Guilhufe e Urrô
EB1 + JI Centro Escolar de Rans - Rans
EB1 + JI Centro Escolar de Duas Igrejas - Duas Igrejas
EB1 + JI Póvoa - Guilhufe e Urrô

Escola Básica Penafiel Sul

  • 2.º e 3.º Ciclos - Ensino Regular

Escola Secundária Joaquim de Araújo


Ver mais Oferta formativa para o ano letivo 2016/2017
Centenário - Joaquim de Araújo Ver artigo


Abre-se agora este espaço, destinado à promoção, divulgação e informação do Centenário da morte de Joaquim de Araújo, poeta, cônsul, incansável promotor e divulgador da cultura portuguesa e patrono do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo.
Em Janeiro de 2016 demo-nos conta que a 11 de Maio de 2017 se cumpririam cem anos da morte de Joaquim de Araújo. Começou aí o projecto de envolver o agrupamento, a câmara e a biblioteca municipal na comemoração digna e promotora do patrono do agrupamento.
São muitas as razões que nos levam a dinamizar tal efeméride. Com efeito, mesmo que Joaquim da Araújo não seja um grande poeta (embora alguns os estudiosos da sua obra não subscrevam esta consideração), mesmo que tenha saído relativamente cedo de Penafiel e não tenha regressado (pelo que sabe da sua correspondência com pena sua), mesmo que tenha assumido ideias e posições polémicas, mesmo assim Joaquim de Araújo é uma figura incontornável da segunda metade do século XIX: foi seguramente quem, no século XIX
, mais contribuiu para a divulgação e promoção da cultura portuguesa, sobretudo além-fronteiras. É razão suficiente para o agrupamento de escolas, que o tem como patrono, se envolva na comemoração do centenário da sua morte com a dignidade e respeito que merece. Não o fazer seria, além de uma omissão inadmissível em relação a esta personalidade marcante, uma perda indesculpável na consolidação da identidade do agrupamento. Para bem de todos.
É o que estamos a fazer. O Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo coordena e dinamiza as comemorações do Centenário da morte do seu patrono. Neste sentido, convidámos a câmara municipal e a biblioteca para se associarem a nós e nos apoiarem na dignificação, promoção e divulgação da obra de um filho de Penafiel. Do seu imediato envolvimento, que muito nos apraz e dignifica a autarquia e a biblioteca, há-de, a seu tempo, dar-se notícia. Para já, a gratidão pela disponibilidade, envolvimento e colaboração de todos.
Neste espaço serão dadas notícias sobre a comemoração, as actividades a desenvolver, as entidades envolvidas e, como não podia deixar de ser, a promoção, divulgação e dignificação de Joaquim de Araújo e do agrupamento que tem o seu nome.
Um jovem de dezasseis anos que cria uma revista literária na qual participa a quase totalidade dos escritores portugueses e não mais parou na divulgação e promoção da cultura nacional merece, certamente, o nosso apreço e justifica o nosso envolvimento.






Ver mais Centenário - Joaquim de Araújo
contactar | webmaster
Facebook  Feed Edulink Mobile Mobile Android APP