Início
Agrupamento
Atividades
Destaques
Documentos
Exames
Informações
Contactos







 Setembro 2017 
DomSegTerQuaQuiSexSab
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Oferta Educativa 2017/2018 Ver artigo

Jardins de Infância

JI Calvário - Bustelo
JI P. Pimentel - Guilhufe e Urrô
JI Igreja Marecos - Penafiel
JI Ponte Novelas - Penafiel
JI Agulha - Galegos

Escolas de 1.º ciclo EB

EB1 Igreja - Guilhufe e Urrô
EB1 Convento - Bustelo
EB1 Cruzeiro - Galegos
EB1 Covilhô - Novelas - Penafiel

Escolas do 1.º ciclo EB com Jardim de Infância

EB1 + JI Boavista - Santiago Santiago - Penafiel
EB1 + JI Torre - Urrô - Guilhufe e Urrô
EB1 + JI Centro Escolar de Rans - Rans
EB1 + JI Centro Escolar de Duas Igrejas - Duas Igrejas
EB1 + JI Póvoa - Guilhufe e Urrô

Escola Básica Penafiel Sul

  • 2.º e 3.º Ciclos - Ensino Regular

Escola Secundária Joaquim de Araújo


Ver mais Oferta formativa para o ano letivo 2016/2017
Centenário - Joaquim de Araújo Ver artigo


Abre-se agora este espaço, destinado à promoção, divulgação e informação do Centenário da morte de Joaquim de Araújo, poeta, cônsul, incansável promotor e divulgador da cultura portuguesa e patrono do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo.
Em Janeiro de 2016 demo-nos conta que a 11 de Maio de 2017 se cumpririam cem anos da morte de Joaquim de Araújo. Começou aí o projecto de envolver o agrupamento, a câmara e a biblioteca municipal na comemoração digna e promotora do patrono do agrupamento.
São muitas as razões que nos levam a dinamizar tal efeméride. Com efeito, mesmo que Joaquim da Araújo não seja um grande poeta (embora alguns os estudiosos da sua obra não subscrevam esta consideração), mesmo que tenha saído relativamente cedo de Penafiel e não tenha regressado (pelo que sabe da sua correspondência com pena sua), mesmo que tenha assumido ideias e posições polémicas, mesmo assim Joaquim de Araújo é uma figura incontornável da segunda metade do século XIX: foi seguramente quem, no século XIX
, mais contribuiu para a divulgação e promoção da cultura portuguesa, sobretudo além-fronteiras. É razão suficiente para o agrupamento de escolas, que o tem como patrono, se envolva na comemoração do centenário da sua morte com a dignidade e respeito que merece. Não o fazer seria, além de uma omissão inadmissível em relação a esta personalidade marcante, uma perda indesculpável na consolidação da identidade do agrupamento. Para bem de todos.
É o que estamos a fazer. O Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo coordena e dinamiza as comemorações do Centenário da morte do seu patrono. Neste sentido, convidámos a câmara municipal e a biblioteca para se associarem a nós e nos apoiarem na dignificação, promoção e divulgação da obra de um filho de Penafiel. Do seu imediato envolvimento, que muito nos apraz e dignifica a autarquia e a biblioteca, há-de, a seu tempo, dar-se notícia. Para já, a gratidão pela disponibilidade, envolvimento e colaboração de todos.
Neste espaço serão dadas notícias sobre a comemoração, as actividades a desenvolver, as entidades envolvidas e, como não podia deixar de ser, a promoção, divulgação e dignificação de Joaquim de Araújo e do agrupamento que tem o seu nome.
Um jovem de dezasseis anos que cria uma revista literária na qual participa a quase totalidade dos escritores portugueses e não mais parou na divulgação e promoção da cultura nacional merece, certamente, o nosso apreço e justifica o nosso envolvimento.






Ver mais Centenário - Joaquim de Araújo
contactar | webmaster
Facebook  Feed Edulink Mobile Mobile Android APP