Início
Agrupamento
Atividades
Destaques
Documentos
Exames
Informações
Contactos








ETIQUETAS | Desporto Escolar (1) | Torneio (1) | Orientação (1) | PES (1) |

Patinagem – Desporto Escolar
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

    O grupo/equipa do Desporto Escolar de Patinagem do Agrupamento de Escolas Joaquim Araújo, em consequência dos excelentes resultados das quatro provas anteriores, apurou seis atletas e um Juiz/arbitro para participar nas Finais Regionais de Patinagem, que se realizaram no dia 7 de Junho em São João da Madeira.



   A equipa de Juvenis Femininos do nosso Agrupamento, composta pelas alunas Fátima Moreira (12ºB), Ana Rita Almeida (11ºB), Bárbara Fernandes (9ºA), Rita Fabiana Silva (8ºD) e Rita Beatriz Silva (8ºD) sagrou-se Campeã Regional de MINI HÓQUEI.

   

     Para além deste extraordinário resultado no Mini Hóquei, salientamos ainda o segundo lugar da Bárbara Fernandes (9ºA) na prova de estafetas e o quinto lugar do Diogo Cruz (11ºC) na prova de Destreza.



    O Rui Rocha (11ºB) participou como Juiz/arbitro desempenhando a função de cronometrista de todas as provas de velocidade (sprint 4 voltas e sprint 6 voltas) e de estafetas destas Finais Regionais.

   Os resultados obtidos pelos alunos do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo em representação do CLD- Tâmega foram excelentes e devem encher de orgulho toda a comunidade educativa!






A Professora Responsável pelo
Grupo/Equipa de Patinagem



                                                                     Rosa Martinho



Classificações do 3.º período (9.º, 11.º e 12.º ano ESJA)
Ver artigo Imprimir






AVISO   Revisão das
decisões decorrentes da avaliação no Ensino Básico

AVISO   Revisão das
decisões decorrentes da avaliação no Ensino Secundário



Como aceder às classificações do 3.º período?

Entrar em  “Inovar Consulta” 

·         Login: o n.º de processo do aluno (ver cartão aluno)

·         Senha: por defeito, o n.º do cartão de cidadão/BI do aluno

Atenção: se tiverem cartão de cidadão, devem experimentar escrevê-lo com ou sem espaço antes dos 4 últimos carateres (12345678 1ZZ5 ou 123456781ZZ5, por exemplo) 

Proceder da seguinte forma, de acordo com o ciclo em questão.

  • 1.º, 2.º, 3.º ciclo do ensino básico, cursos vocacionais, secundário regular: 
    • Ir a “Avaliações” e depois “Avaliação de fim de período”.

  • Cursos profissionais:
    • Ir a “Avaliações” e depois “Avaliação global”
    • Escolher a disciplina – tem-se a visualização de todas as classificações dos módulos realizados no ano atual (anos anteriores ficarão disponíveis brevemente).

 



pdf Aviso_n9_REvisão_Av_EB.pdf
pdf Aviso_n9_REvisão_Av_ES.pdf
"Turismo Acessível, Turismo Para Todos"
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

O grupo 930 (domínio da visão) em parceria com a Escola Profissional Agrícola Conde S. Bento - Santo Tirso, em colaboração com o Curso Profissional Técnico de Turismo Ambiental e Rural no âmbito da temática “Turismo Acessível, Turismo Para Todos”, realizou no passado dia 6 de junho, uma visita de estudo à Escola Profissional Agrícola, com o objectivo de dar a conhecer aos nossos alunos outras realidades, promover a acessibilidade/inclusão como um elemento central de qualquer política de turismo responsável e sustentável....  


Projeto Turmas + Sucesso AEJA e ESJA
Ver artigo Imprimir

Tratou-­se
de um projeto coordenado e desenvolvido pelo Gabinete de Apoio ao Docente e que
contou com o empenho e dedicação dos docentes e alunos de várias turmas do 8ª e
9º ano da ESJA e que  teve como objetivo valorizar o mérito e a excelência
de competências pessoais e interpessoais nas turmas envolvidas, com vista a
promover o sucesso educativo nas várias disciplinas, melhorar o ambiente de
aprendizagem, promover a diferenciação pedagógica e a diversidade curricular.

Numa
primeira fase visou a avaliação dos estilos de aprendizagem dos alunos em cada
uma das turmas para que nos seus respetivos conselhos de turma fosse possível a
adaptação das estratégias em sala de aula mais adequado aos perfis dos alunos.

Numa 2ª
fase, e em articulação com cada Diretor de Turma foi realizado um diagnóstico
de competências pessoais e interpessoais essenciais aos resultados de
aprendizagem de cada uma, tendo sido promovido o desenvolvimento de
competências de métodos de estudo e a definição de um projeto com
objetivos  e estratégias diferenciadas adaptado às necessidades de cada
turma.

O balanço é
muito positivo e estão todos de parabéns pela dedicação e empenho ao longo das
várias fases do projeto. Os resultados atingidos constituirão sementes de
mudança que se refletirão em outras aprendizagens ao longo do percurso
académico de cada um dos alunos que participaram.

Poderá
concluir-se ainda que os ganhos obtidos terão ainda mais impacto quanto maior o
investimento no desenvolvimento das competências visadas numa fase inicial do
percurso escolar. 

Um
agradecimento especial a todos os Diretores de Turma e a todos os docentes que
participaram no projeto de cada uma das turmas bem como aos docentes e alunos
do curso de Multimédia que possibilitarem que cada trabalho realizado pelos
alunos se tornasse memorável. 

 

“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa,
nunca tem medo e nunca se arrepende.” 

Leonardo da Vinci



















Vídeo sobre Projeto Turmas + Sucesso AEJA e ESJA




O Projeto “...melhor Postura Corporal” com representação no “VII Congresso de Patologia da Coluna Vertebral”
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem

O Projeto do Agrupamento “...melhor
Postura Corporal”, voltou a chamar a atenção de entidades externas à escola,
desta vez à classe médica da especialidade da coluna vertebral.

A Coordenadora do Projeto esteve em
Lisboa, no “VII Congresso Nacional de Patologia da Coluna Vertebral”, a
apresentar o trabalho desenvolvido pela equipa de investigação que coordena e
que representam o Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo, o Centro Hospitalar
do Tâmega e Sousa (CHTS), o Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro
e o Centro de Investigação da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

A originalidade do projeto e o
contributo que o mesmo pode ter na deteção precoce de patologias da coluna
vertebral, foi a mensagem que mais se evidenciou por aqueles que assistiram à
comunicação apresentada pela Coordenadora, docente deste agrupamento.

No final do Congresso, em jeito de
balanço, a organização fez referência à nossa participação, ao trabalho
desenvolvido e ao importante papel social que a escola pode ter ao promover
este tipo de projetos, cruzando áreas como a Educação e a Saúde.

Os promotores do projeto agradecem ao
Agrupamento a oportunidade de continuarem a desenvolver investigação,
acreditando que a escola pode ir além da sala de aula e, ainda, à Comissão
Científica do Congresso por ter dado a oportunidade de partilhar, num contexto
tão específico, o trabalho que tem sido desenvolvido por esta equipa de
investigação.



 



Os docentes do Agrupamento,

Emília Alves 

Duarte Carneiro



VISITA DE ESTUDO DO CLUBE DOS AMIGOS DA BIBLIOTECA
Ver artigo Imprimir
Imagem 

Foi, sem dúvida, uma experiência memorável!
Uma viagem pela nossa História, repleta de curiosidades, e o encontro com o Oriente. Uma descoberta do Portugal antigo por trilhos da natureza e um encontro entre gerações. E, claro, o merecido descanso com direito a uma das melhores vistas daquela região.
Agradecimentos a: Museu Municipal Padre José Rafael Rodrigues (Dr. António Chaves e Bruno), Loja Interativa de Turismo de Vila Pouca de Aguiar, Município de Vila Pouca de Aguiar, D. Prazeres e Banda Filarmónica de Pontido, Sr. Guilhermino Rodrigues e filha Marisa. 






Atividade do 11º E - Teatro de fantoches no Centro Hospitalar de Sousa e Tâmega
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem




Processo de eleição dos vogais (2 efetivos e 4 suplentes) representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária.
Ver artigo Imprimir

Assunto: Processo de eleição dos vogais (2 efetivos e 4 suplentes) representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária.
No n.º 1 do artigo 59.º da Lei 66-B/2007, de 28 de dezembro, conjugado com o n.º 5 do artigo 59. º da Lei 66-B/2012, (Sistema Integrado de Avaliação de Desempenho na Administração Pública-SIADAP 3) está previsto que, junto do dirigente máximo de cada serviço, funcione uma Comissão Paritária com competência consultiva, para apreciar propostas de avaliação dadas a conhecer a trabalhadores avaliados, antes da homologação.
Nos termos do referido normativo, torna-se necessário desencadear o processo de eleição dos vogais representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária, a funcionar pelo período de quatro anos.


pdf Comissão Paritária.pdf
Feira da Primavera
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

À semelhança do que tem acontecido há
vários anos, o Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo dinamizou, no passado
dia 11 de maio, a Feira da Primavera.



Aberta a toda a comunidade educativa,
que esteve presente em bom número, esta iniciativa  constituiu uma excelente oportunidade para,
num verdadeiro interface, aproximar os diversos atores educativos (professores,
alunos, encarregados de educação, representantes da autarquia, assistentes
operacionais) envolvidos no Agrupamento, dando visibilidade ao seu trabalho.



Este evento, inserido no Plano Anual
de Atividades do Agrupamento, contou com o envolvimento muito ativo dos
diversos grupos disciplinares, refletindo o seu empreendedorismo e o seu
propósito em valorizar e materializar o objetivos pedagógicos inscritos no
Projeto Educativo do Agrupamento.



Combinando ,a preceito, sabores, sons
e saberes, as diferentes turmas envolvidas na Feira da Primavera, corolário da
Semana de Agrupamento, tiveram uma prestação muito meritória, dando uma
inequívoca dimensão coletiva a esta importante organização, que se tornou já
uma referência no panorama escolar do concelho de Penafiel.



O vasto e eclético programa da Feira
contemplou inúmeras atuações, intercalando-se momentos musicais, de dança,
poesia e patinagem. Antecedendo essas apresentações, o Diretor do Agrupamento
saudou todos os presentes e formalizou o hastear da bandeira do Projeto
Eco-escolas, tendo-se seguido a apresentação do Projeto+sucesso AEJA,
supervisionado pela Dr.ª Lurdes Neves, a qual procedeu à entrega dos diplomas
aos alunos e às turmas que nele participaram ao longo de todo o ano letivo.



Finalizando este dia de festa, houve,
ainda oportunidade para se ouvir o Grupo de Fados Capas Negras, que presenteou
a assistência com temas de inegável beleza, fechando-se o programa com a
irreverente e animada atuação da Partituna, Tuna Académica do Isvouga (Santa
Maria da Feira),ainda com os ecos presentes do fogo de artifício.



A todos o nosso agradecimento pelo
empenho demonstrado na Feira da Primavera e em toda a Semana do Agrupamento,
que decorreu entre os dias 5 e 11 de Maio!



No próximo ano, cá estaremos de novo,
dispostos a fazer da Feira da Primavera um momento de afirmação da identidade
do nosso Agrupamento, da sua versatilidade e capacidade mobilizadora. Com esse
espírito e essa comunhão de propósitos, seremos, indiscutivelmente, mais
fortes! 



Trocas e Baldrocas de Palavras e Sons
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem

Os alunos do 5ºA e 5ºE
escolheram para trabalhar a expressão escrita os escritores António Torrado e
Maria Rosa Colaço
, respetivamente.
Depois de pesquisarem obras de
ambos os escritores puseram mãos à obra e em grupo construíram histórias com os
títulos das obras pesquisadas.
A Turma A escolheu o melhor
trabalho da Turma E e a Turma E escolheu o melhor da Turma A.
E, foi assim que ficaram os
trabalhos de homenagem a estes excelentes escritores.









Ampliar
Ampliar
Ampliar

Procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 1 (um) contrato a termo resolutivo certo a tempo parcial para Informática - Grupo 550 _ Horário_62
Ver artigo Imprimir




pdf Aviso de Abertura_Horário_62_550.pdf
pdf Lista Ordenada de Graduação_550.pdf
A GNR na Escola Secundária Joaquim de Araújo, Penafiel
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No âmbito das atividades da ”Semana do Agrupamento”, a equipa cinotécnica da GNR deslocou-se ontem, dia 9 de
maio, à Escola Secundária de Joaquim de Araújo para fazer uma demonstração das
habilidades dos seus cães e cavalos
, o que agradou imenso a toda a comunidade
escolar. Uma palavra de agradecimento ao senhor chefe de secção, Prieto Cruz.



Ensino Secundário - Oferta formativa 2018/2019
Ver artigo Imprimir
Imagem 




pdf Oferta formativa 18_21.pdf
XVII À Convers@ com Pais- Dependências, Internet, Jogos e Telemóvel
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem




Semana do Agrupamento | Feira da Primavera
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem




A Guerra Colonial em debate na Escola Básica Penafiel Sul
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Os
professores de História do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo promoveram,
na Escola Básica Penafiel Sul, no pretérito dia 24 de abril, uma evocação da Guerra
Colonial, contando com a presença do coronel Jorge de Carvalho e dos
ex-combatentes José Pacheco e Luís Lima.



Integrada nas comemorações da “Revolução
dos Cravos”, consumada no dia 25 de abril de 1974, esta iniciativa dirigiu-se aos
alunos do 9º ano, os quais tiveram, numa verdadeira aula de História “ao vivo”,
ensejo para ampliar os seus conhecimentos sobre o conflito militar em que Portugal
se viu envolvido entre 1961 e 1974 e que concorreu, de forma decisiva, para o
colapso do Estado Novo.



Relatando algumas das experiências que
viveu na frente de combate, o coronel Jorge de Carvalho, que começou por
efetuar uma breve contextualização do conflito, deu conta, num testemunho muito
sentido, das dificuldades e dos dilemas que enfrentou na Guiné, um dos principais
palcos da apelidada Guerra do Ultramar ou Guerra de África.



Por seu turno, os ex-combatentes José
Pacheco e Luís Lima lembraram as principais incidências da sua estadia em
Angola, revelando alguns dos episódios mais perturbantes por que passaram naquele
território. De forma emotiva, os referidos oradores transmitiram as suas
impressões sobre essa complexa e tormentosa vivência em terras africanas,
trazendo à memória momentos que, pelo seu dramatismo e excecionalidade, os
marcarão para sempre…



Aludindo ao interesse pedagógico desta
iniciativa, o Diretor do Agrupamento destacou a necessidade de se evocar a Guerra
Colonial como um período incontornável do nosso passado recente e da nossa vida
coletiva, dado que marcou profundamente milhares de famílias portuguesas,
deixando um indescritível lastro de sofrimento, inquietação e angústia em todos
aqueles que, direta ou indiretamente, se viram envolvidos nesta duríssima
confrontação militar, que ceifou milhares de vidas e levou à mobilização de
perto de 900 000 soldados portugueses.  



Apontando para uma reflexão sobre o
contributo da Guerra do Ultramar para a desagregação do regime salazarista, esta
atividade foi valorizada, igualmente, pela participação musical do aluno Bruno
Sousa, de João Pedro Nina, do Grupo Baladas Nostalgia e dos alunos Tiago
Soares, Carlos Ferraz, Beatriz Pacheco e Madalena Campos, que declamaram poemas
alusivos ao conflito.



Uma palavra de agradecimento para as professoras
Ana Santarém e Luísa Lopes, responsáveis pela OficiAnima, que coordenaram a
decoração do espaço onde decorreu o debate, bem como para a equipa de Multimédia
que assegurou o controlo técnico e a reportagem fotográfica do evento.



Com a colaboração de todos, foi possível
realizar esta relevante evocação e transmitir aos mais novos a mensagem de que
os treze anos que a guerra durou, pela inenarrável dor que causaram, não podem,
jamais, ser esquecidos…



OLIMPIADAS DE MATEMÁTICA NA ESCOLA
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No dia 21 de março de 2018 na EBPS,
trabalharam-se conteúdos matemáticos de forma diferente…



O jogo atrai os jovens à participação
ativa, desenvolvendo-lhe capacidades não só relacionadas com as aprendizagens
matemáticas como com todos os conhecimentos e aptidões necessários à formação
integra dos nossos alunos.



O grupo de Mat (230) da nossa escola,
realizou esta atividade envolvendo todas as turmas do 5ºs e 6ºs anos a fim de
demonstrar que através de uma forma lúdica é possível tornarmos a rigidez da
matemática, das suas operações e do domínio do cálculo mental num interessante
e apelativo mundo de diversão.



A forma efusiva, alegre e com tenacidade
com que os alunos se envolveram na atividade deixaram perplexos todos quantos
se encontravam ou se deslocaram à sala onde decorreu o evento ao longo de todo
o dia.   



Aguardamos pela finalíssima no dia 13 de
junho entre os vencedores desta 1ª ronda.



Um bem-haja do grupo a todos os
participantes, pelo envolvimento e pelo sucesso da mesma.
 



XVII À Convers@ com Pais
Ver artigo Imprimir
Imagem 

Hoje, pelas 18.30 na Escola Secundária Joaquim de Araújo

“Para que não te esqueças de abril “
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Os alunos de sexto ajudaram-nos a recordar “o 25 de abril” através de uma exposição de trabalhos sobre este dia, um dia muito especial para os Portugueses porque o país e os seus habitantes voltaram a viver em liberdade depois de quase cinquenta anos de tristeza e de silêncio.
Os professores de História 


XVIII Concurso de Flautas das Escolas do Vale do Sousa e I do Tâmega
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No dia
17 de abril, terça-feira, os alunos Mara
Sousa
, nº 17 do 5º H, e Gonçalo
Andrade
, nº 9 do 5º F foram representar a Escola Básica de Penafiel Sul no
XVIII Concurso de Flauta de Bisel das Escolas do Vale do Sousa e I do Tâmega,
que decorreu na Escola Básica de Eiriz.



O evento começou por volta das 14h30 e incluiu
alunos do 1º, 2º e 3º ciclo. Todos tiveram uma excelente participação,
incluindo o Clube de música da escola anfitriã que dinamizou alguns momentos do
concurso.



Após as apresentações individuais de
todos os concorrentes, todos os presentes votaram, seguindo os critérios
apresentados. Por fim, a nossa aluna Mara Sousa ganhou o 2º lugar, tendo
a nossa escola ficado seleccionada para preparar o evento
XIX Concurso de Flautas das Escolas do Vale do Sousa e II do Tâmega, no próximo
ano letivo.



contactar | webmaster
Facebook  Feed Edulink Mobile Mobile Android APP