Início
Agrupamento
Atividades
Destaques
Documentos
Exames
Informações
Contactos








     

Processo de eleição dos vogais (2 efetivos e 4 suplentes) representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária.
Ver artigo Imprimir

Assunto: Processo de eleição dos vogais (2 efetivos e 4 suplentes) representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária.
No n.º 1 do artigo 59.º da Lei 66-B/2007, de 28 de dezembro, conjugado com o n.º 5 do artigo 59. º da Lei 66-B/2012, (Sistema Integrado de Avaliação de Desempenho na Administração Pública-SIADAP 3) está previsto que, junto do dirigente máximo de cada serviço, funcione uma Comissão Paritária com competência consultiva, para apreciar propostas de avaliação dadas a conhecer a trabalhadores avaliados, antes da homologação.
Nos termos do referido normativo, torna-se necessário desencadear o processo de eleição dos vogais representantes dos trabalhadores na Comissão Paritária, a funcionar pelo período de quatro anos.


pdf Comissão Paritária.pdf
Feira da Primavera
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

À semelhança do que tem acontecido há
vários anos, o Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo dinamizou, no passado
dia 11 de maio, a Feira da Primavera.



Aberta a toda a comunidade educativa,
que esteve presente em bom número, esta iniciativa  constituiu uma excelente oportunidade para,
num verdadeiro interface, aproximar os diversos atores educativos (professores,
alunos, encarregados de educação, representantes da autarquia, assistentes
operacionais) envolvidos no Agrupamento, dando visibilidade ao seu trabalho.



Este evento, inserido no Plano Anual
de Atividades do Agrupamento, contou com o envolvimento muito ativo dos
diversos grupos disciplinares, refletindo o seu empreendedorismo e o seu
propósito em valorizar e materializar o objetivos pedagógicos inscritos no
Projeto Educativo do Agrupamento.



Combinando ,a preceito, sabores, sons
e saberes, as diferentes turmas envolvidas na Feira da Primavera, corolário da
Semana de Agrupamento, tiveram uma prestação muito meritória, dando uma
inequívoca dimensão coletiva a esta importante organização, que se tornou já
uma referência no panorama escolar do concelho de Penafiel.



O vasto e eclético programa da Feira
contemplou inúmeras atuações, intercalando-se momentos musicais, de dança,
poesia e patinagem. Antecedendo essas apresentações, o Diretor do Agrupamento
saudou todos os presentes e formalizou o hastear da bandeira do Projeto
Eco-escolas, tendo-se seguido a apresentação do Projeto+sucesso AEJA,
supervisionado pela Dr.ª Lurdes Neves, a qual procedeu à entrega dos diplomas
aos alunos e às turmas que nele participaram ao longo de todo o ano letivo.



Finalizando este dia de festa, houve,
ainda oportunidade para se ouvir o Grupo de Fados Capas Negras, que presenteou
a assistência com temas de inegável beleza, fechando-se o programa com a
irreverente e animada atuação da Partituna, Tuna Académica do Isvouga (Santa
Maria da Feira),ainda com os ecos presentes do fogo de artifício.



A todos o nosso agradecimento pelo
empenho demonstrado na Feira da Primavera e em toda a Semana do Agrupamento,
que decorreu entre os dias 5 e 11 de Maio!



No próximo ano, cá estaremos de novo,
dispostos a fazer da Feira da Primavera um momento de afirmação da identidade
do nosso Agrupamento, da sua versatilidade e capacidade mobilizadora. Com esse
espírito e essa comunhão de propósitos, seremos, indiscutivelmente, mais
fortes! 



Trocas e Baldrocas de Palavras e Sons
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem

Os alunos do 5ºA e 5ºE
escolheram para trabalhar a expressão escrita os escritores António Torrado e
Maria Rosa Colaço
, respetivamente.
Depois de pesquisarem obras de
ambos os escritores puseram mãos à obra e em grupo construíram histórias com os
títulos das obras pesquisadas.
A Turma A escolheu o melhor
trabalho da Turma E e a Turma E escolheu o melhor da Turma A.
E, foi assim que ficaram os
trabalhos de homenagem a estes excelentes escritores.









Ampliar
Ampliar
Ampliar

Procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 1 (um) contrato a termo resolutivo certo a tempo parcial para Informática - Grupo 550 _ Horário_62
Ver artigo Imprimir




pdf Aviso de Abertura_Horário_62_550.pdf
pdf Lista Ordenada de Graduação_550.pdf
A GNR na Escola Secundária Joaquim de Araújo, Penafiel
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No âmbito das atividades da ”Semana do Agrupamento”, a equipa cinotécnica da GNR deslocou-se ontem, dia 9 de
maio, à Escola Secundária de Joaquim de Araújo para fazer uma demonstração das
habilidades dos seus cães e cavalos
, o que agradou imenso a toda a comunidade
escolar. Uma palavra de agradecimento ao senhor chefe de secção, Prieto Cruz.



Ensino Secundário - Oferta formativa 2018/2019
Ver artigo Imprimir
Imagem 




pdf Oferta formativa 18_21.pdf
XVII À Convers@ com Pais- Dependências, Internet, Jogos e Telemóvel
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem




Semana do Agrupamento | Feira da Primavera
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem




A Guerra Colonial em debate na Escola Básica Penafiel Sul
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Os
professores de História do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo promoveram,
na Escola Básica Penafiel Sul, no pretérito dia 24 de abril, uma evocação da Guerra
Colonial, contando com a presença do coronel Jorge de Carvalho e dos
ex-combatentes José Pacheco e Luís Lima.



Integrada nas comemorações da “Revolução
dos Cravos”, consumada no dia 25 de abril de 1974, esta iniciativa dirigiu-se aos
alunos do 9º ano, os quais tiveram, numa verdadeira aula de História “ao vivo”,
ensejo para ampliar os seus conhecimentos sobre o conflito militar em que Portugal
se viu envolvido entre 1961 e 1974 e que concorreu, de forma decisiva, para o
colapso do Estado Novo.



Relatando algumas das experiências que
viveu na frente de combate, o coronel Jorge de Carvalho, que começou por
efetuar uma breve contextualização do conflito, deu conta, num testemunho muito
sentido, das dificuldades e dos dilemas que enfrentou na Guiné, um dos principais
palcos da apelidada Guerra do Ultramar ou Guerra de África.



Por seu turno, os ex-combatentes José
Pacheco e Luís Lima lembraram as principais incidências da sua estadia em
Angola, revelando alguns dos episódios mais perturbantes por que passaram naquele
território. De forma emotiva, os referidos oradores transmitiram as suas
impressões sobre essa complexa e tormentosa vivência em terras africanas,
trazendo à memória momentos que, pelo seu dramatismo e excecionalidade, os
marcarão para sempre…



Aludindo ao interesse pedagógico desta
iniciativa, o Diretor do Agrupamento destacou a necessidade de se evocar a Guerra
Colonial como um período incontornável do nosso passado recente e da nossa vida
coletiva, dado que marcou profundamente milhares de famílias portuguesas,
deixando um indescritível lastro de sofrimento, inquietação e angústia em todos
aqueles que, direta ou indiretamente, se viram envolvidos nesta duríssima
confrontação militar, que ceifou milhares de vidas e levou à mobilização de
perto de 900 000 soldados portugueses.  



Apontando para uma reflexão sobre o
contributo da Guerra do Ultramar para a desagregação do regime salazarista, esta
atividade foi valorizada, igualmente, pela participação musical do aluno Bruno
Sousa, de João Pedro Nina, do Grupo Baladas Nostalgia e dos alunos Tiago
Soares, Carlos Ferraz, Beatriz Pacheco e Madalena Campos, que declamaram poemas
alusivos ao conflito.



Uma palavra de agradecimento para as professoras
Ana Santarém e Luísa Lopes, responsáveis pela OficiAnima, que coordenaram a
decoração do espaço onde decorreu o debate, bem como para a equipa de Multimédia
que assegurou o controlo técnico e a reportagem fotográfica do evento.



Com a colaboração de todos, foi possível
realizar esta relevante evocação e transmitir aos mais novos a mensagem de que
os treze anos que a guerra durou, pela inenarrável dor que causaram, não podem,
jamais, ser esquecidos…



OLIMPIADAS DE MATEMÁTICA NA ESCOLA
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No dia 21 de março de 2018 na EBPS,
trabalharam-se conteúdos matemáticos de forma diferente…



O jogo atrai os jovens à participação
ativa, desenvolvendo-lhe capacidades não só relacionadas com as aprendizagens
matemáticas como com todos os conhecimentos e aptidões necessários à formação
integra dos nossos alunos.



O grupo de Mat (230) da nossa escola,
realizou esta atividade envolvendo todas as turmas do 5ºs e 6ºs anos a fim de
demonstrar que através de uma forma lúdica é possível tornarmos a rigidez da
matemática, das suas operações e do domínio do cálculo mental num interessante
e apelativo mundo de diversão.



A forma efusiva, alegre e com tenacidade
com que os alunos se envolveram na atividade deixaram perplexos todos quantos
se encontravam ou se deslocaram à sala onde decorreu o evento ao longo de todo
o dia.   



Aguardamos pela finalíssima no dia 13 de
junho entre os vencedores desta 1ª ronda.



Um bem-haja do grupo a todos os
participantes, pelo envolvimento e pelo sucesso da mesma.
 



XVII À Convers@ com Pais
Ver artigo Imprimir
Imagem 

Hoje, pelas 18.30 na Escola Secundária Joaquim de Araújo

“Para que não te esqueças de abril “
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Os alunos de sexto ajudaram-nos a recordar “o 25 de abril” através de uma exposição de trabalhos sobre este dia, um dia muito especial para os Portugueses porque o país e os seus habitantes voltaram a viver em liberdade depois de quase cinquenta anos de tristeza e de silêncio.
Os professores de História 


XVIII Concurso de Flautas das Escolas do Vale do Sousa e I do Tâmega
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

No dia
17 de abril, terça-feira, os alunos Mara
Sousa
, nº 17 do 5º H, e Gonçalo
Andrade
, nº 9 do 5º F foram representar a Escola Básica de Penafiel Sul no
XVIII Concurso de Flauta de Bisel das Escolas do Vale do Sousa e I do Tâmega,
que decorreu na Escola Básica de Eiriz.



O evento começou por volta das 14h30 e incluiu
alunos do 1º, 2º e 3º ciclo. Todos tiveram uma excelente participação,
incluindo o Clube de música da escola anfitriã que dinamizou alguns momentos do
concurso.



Após as apresentações individuais de
todos os concorrentes, todos os presentes votaram, seguindo os critérios
apresentados. Por fim, a nossa aluna Mara Sousa ganhou o 2º lugar, tendo
a nossa escola ficado seleccionada para preparar o evento
XIX Concurso de Flautas das Escolas do Vale do Sousa e II do Tâmega, no próximo
ano letivo.



Projeto Turmas + Sucesso EBPS- apresentação dos alunos realizada no dia 16/04
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

"Tratou-­se de um
projeto que foi coordenado e desenvolvido pelo Gabinete de Apoio ao Docente e que contou
com o empenho e dedicação dos professores e alunos e teve como objetivo valorizar
o mérito e a excelência de competências pessoais e interpessoais nas turmas
envolvidas, com vista a promover o sucesso educativo dos alunos nas várias
disciplinas, melhorar o ambiente de aprendizagem, promover a diferenciação
pedagógica e a diversidade curricular.



Numa primeira fase visou a
avaliação dos estilos de aprendizagem dos alunos em cada uma das turmas para
que nos seus respetivos conselhos de turma fosse possível a adaptação das
estratégias em sala de aula mais adequado aos perfis dos alunos.



Numa 2ª fase, e em
articulação com cada Diretora de Turma foi realizado um diagnóstico de
competências pessoais e interpessoais essenciais aos resultados de aprendizagem
de cada uma, tendo sido promovido o desenvolvimento de competências de métodos
de estudo e a definição de um projeto com objetivos  e estratégias
diferenciadas adaptado às necessidades de cada turma.



O balanço é positivo e estão
todos de parabéns pela dedicação e empenho ao longo das várias fases do projeto.
Os resultados atingidos constituirão sementes de mudança que se refletirão em
outras aprendizagens ao longo do percurso académico de cada um dos alunos que
participaram.



Poderá concluir-se ainda que
os ganhos obtidos terão ainda mais impacto quanto maior o investimento no
desenvolvimento das competências visadas numa fase inicial do percurso escolar.
"



INFORMAÇÃO PROVAS AFERIÇÃO - 2.º ANO
Ver artigo Imprimir




Ampliar
documento CALENDÁRIO DE PROVAS EXPRESSÕES 2º ANO_f.docx
Conferencia: Evocar a Guerra Colonial a realizar no próximo dia 24 de abril de 2018, pelas 10h, na EBPS
Ver artigo Imprimir
Imagem 




Matrículas Pré-escolar e 1º Ciclo Ensino Básico
Ver artigo Imprimir
Imagem 




Visita de estudo de alunos do nono ano a Peñafiel e León
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

ENCONTRO DE ALUNOS E DE CULTURAS

Visita de estudo de alunos do
nono ano a Peñafiel e León

Os alunos do nono ano da Escola
Básica de Penafiel Sul-AEJA, deslocaram–se a Peñafiel para mais um encontro
cultural e de convívio.

A viagem iniciou-se pelas seis e
meia da manhã do dia 12 de abril. Os pais e mães mostravam um pouco da sua
apreensão por deixarem partir para longe de si os seus filhos. Para alguns era
a primeira vez, mas a liberdade e a responsabilidade podem começar assim… e é
muito melhor quando há outros colegas envolvidos, com um grupo de professores
disponível a fazer o melhor por aqueles a quem dedicam toda a sua vida.

Organizaram este encontro as
professoras espanholas, Ana Díez Casado, Laura Rebollo, Paloma Garcia, Sofia
Suarez e Carmen Rodrigo; e os professores portugueses Mário Martins Ferreira,
José Manuel Castanheira, António José Paixão e Lúcia Chaves Cardoso. 

O vento e a chuva empurraram o
moderno autocarro da Valpi, a estrear, nas mãos da competência do Sr. Avelino.
Em Bragança, fez-se uma paragem para o pequeno almoço. Seria por volta do
meio-dia que estes navegadores aportaram a Tordesilhas para visitar as Casas do
Tratado e se inteirarem melhor, através de uma exposição permanente e de um
filme, de como tudo decorreu no século XV.

Arrumada a bagagem nas camaratas
do Convento de S. Pablo, após o almoço, formaram-se dois grandes grupos,
alternando as visitas ao Posto de Turismo de Peñafiel e à Casa de la Ribera,
onde, por um lado, se apreciaram em filme as festas de S. Roque e da Páscoa,
com a atividade taurina muito própria de Peñafiel e, por outro, se assistiu ao
vivo à vida de uma família peñafidelense nos inícios do século XX. A terminar a
tarde, participaram numa bela conferência sobre a História e a Culura de
Penafiel, apoiado numa apresentação em diapositivos, apresentada ao vivo pelo
professor D. Mário Ferreira (assim versava o convite castelhano). A sala estava
repleta de alunos e pessoas que haviam testemunhado o primeiro encontro aquando
da geminação de Penafiel com Peñafiel. Estavam presentes a Conselheira da
Cultura María Ascensión Rodríguez Soria e a Conselheira do Turismo, Yolanda
Burgoa. A organização de toda esta conferência esteve a cargo da diretora da
Biblioteca de Peñafiel, Dr.ª Pilar Gonzalez. Foi um momento emocionante com
troca de lembranças entre os vereadores da Alcaidaria e da Câmara Municipal, representados
estes, pelos professores portugueses. Os espanhóis manifestaram muita emoção e
apreço por este momento de abordagem e conhecimento mais profundo da história
do nosso concelho e da cidade de Penafiel, agradecendo ao orador e organizador
da conferência, sobre a celebração deste momento histórico para as duas
cidades.

À noite a chuva não deu tréguas
fazendo com que rapidamente todo o grupo regressasse ao aconchego das mantas e
cobertores dos enormes dormitórios que circundam os belos claustros do convento
de S. Pablo.

A manhã fria, mas sem chuva deixou
entrar a todos, na Biblioteca do Instituto Conde de Lucanor, onde mais uma vez
se trocaram lembranças pela celebração dos quinze anos de Intercâmbio Cultural.
A diretora do Instituto Conde de Lucanor, Dr.ª Isabel Hernandez, ofereceu um
livro de fotografias, da autoria da professora espanhola Carmen Rodrigo, em que
as belas fotos espelhavam todos os encontros e mais sentidos momentos de
intercâmbio. Também foram trocadas algumas lembranças pessoais marcadamente
durienses, em especial queijos e vinhos finos e de mesa. A delegação portuguesa
em nome da Escola de Penafiel Sul e do Agrupamento de Escolas Joaquim de Araújo
ofereceu marcadores de livros com o trecho do rio Douro desde a nascente à foz,
contendo fitas “mescladas”com as cores das bandeiras portuguesa e espanhola, executadas
pelo professor Mário Ferreira; bem como umas caixinhas em cartão verde, simbolizando
as cores portuguesas, com um laço com as cores espanholas. O interior continha
uma flor com pétalas verdes as folhas vermelhas com um centro amarelo, da
autoria das colegas de EV e ET, Ana Santarém e Luísa Lopes. No ambiente festivo
gerado por esta troca de galhardetes foi ainda oferecida ao Instituto Conde de
Lucanor uma pintura com dois quadros, contendo o Sameiro e a Câmara de Penafiel
do lado esquerdo e do lado direito o Castillo de Peñafiel e a zona da judiaria
e a ponte sobre o rio Duraton; no meio mostrava a nascente do Douro e a foz no
Porto com o barco rabelo, oferta também da Escola e de todo o Agrupamento AEJA,
com a assinatura do pintor Tó-Zé Paixão. Cercando os quadros o autor inscreveu
as seguintes frases em espanhol no lado português e em português do lado
castelhano: “Penafiel / Peñafiel – 30 anos de cidades geminadas- 30 años de
ciudades hermanadas – 15 años de Intercâmbio Cultural; e entre o díptico: a
distância nos separa, o Douro nos une – la distancia nos separa, el Duero nos
une”.

Impressionante foi a visita à
Basílica de San Isidoro em que se podem apreciar as pinturas da chamada
“Capilla Sistina de la Edad Medieva”. Pinturas de tons azulados, ocres e
avermelhados a desenharem nas paredes e abóbadas toda a vida de Cristo, para
além de outros motivos naturais e relato pintado de costumes e tradições.
Puramente divinal a beleza da arte românica em todo o seu esplendor e
grandiosidade, para além de toda a riqueza da arquitetura do templo românico.

Feito o “recorrido en el trem”
por toda a cidade, pelas “cinco de la tarde” visitámos a majestosa Catedral de
León na estrutura elegante do seu gótico e na luminosidade fulgurante dos seus
vitrais. Os vistantes escutaram pelo aparelho auricular todos os cinco
capítulos mais importantes componentes da famosa e formosa catedral. Seis
arquitetos trabalharam em Léon durante 42 anos, para que a restauração fosse
possível, com a inauguração do restauro celebrada a 27, 28 e 29 de Maio de
1901.

Apesar de algumas menos boas
disposições, os alunos portugueses e espanhóis subiram ao Castelo de Penafiel,
onde puderam admirar uma bela paisagem urbana da cidade e os extensos campos de
vinha e de trigo verde. A história milenar incrusta-se na pedraria calcária
daquelas muralhas ancestrais onde se eleva “la Peña más Fiel de Castilla”. No
interior visitaram o museu mais completo do vinho em Espanha.

Por fim os alunos compraram
lembranças para suas famílias, enquanto os professores passaram os olhos por
Pintia. Em especial à necrópole do antigo castro que ocupava, na altura
castreja, mais de 25ha e era a principal cidade junto ao que é hoje Peñafiel.
Tivemos a oportunidade de ser acompanhados pelo Diretor do Proyecto Pintia, Carlos
Sans Mínguez docente da Universidade de Valladolid que nos fez uma breve
explicação do Projeto.

O almoço partilhado com alguns
alunos e professores espenhóis foram o culminar destes três dias de intenso
intercâmbio de pessoas e de culturas.

Para finalizar deixamos um exerto
do n.º4 da revista “Catedral de Léon”: “En 2018 celebramos el Año Europeu del
Património Cultural, una iniciativa del Parlamento y del Consejo de la Unión
Europea, que pone em relieve la importância cultural, económica, social y
medioambiental del Património Cultural. Entre los objetivos de la celebración
se encuentran “…fomentar el intercâmbio y la valoración del património cultural
en Europa como recurso compartido, sensibilizar acerca de la história y los
valores comunes, y reforzar el sentimento de pertencia a un espácio europeo
comum”.

Os alunos castelhanos também se
puseram em frente ao autocarro, mas ele partiu inexorável perante o sofrer de
quem queria estar perto, de quem queria um abraço irmão. Porém, nada nem
ninguém, afastará da memória destes alunos de duas nações, os sentimentos de
partilha e irmandande celebrados nestes três grandes e inesquecíveis dias de
verdadeiro Intercâmbio Cultural.

 

Tó-Zé Paixão

Penafiel, 17 de abril de 2018











































 



O XVI À Convers@ com Pais de Galegos
Ver artigo Imprimir
Imagem 

O XVI À Convers@ com Pais de Galegos de 13 de Abril de 2018 sobre "Parentalidade Positiva- Estilos parentais e afirmação de regras" constituiu um espaço de partilha e de troca de ideias e saberes centrada na tarefa educativa dos pais na articulação com a Escola, e sendo acima de tudo um momento de valorização de temáticas como os estilos parentais, de apresentação de estratégias para solucionar as dificuldades na educação e na afirmação de regras com exemplos práticos e orientações, tornando-se num momento determinante para a prevenção de dificuldades futuras dos alunos do comportamento, aprendizagem e insucesso escolar
A importância do À Convers@ com Pais distingue-se essencialmente como uma atividade de sensibilização para o desenvolvimento de competências parentais e promotora de uma atitude preventiva e um apoio educativo coerente e consistente dos encarregados de educação que poderá contribuir para o  desenvolvimento pessoal e social dos seus filhos.




Corta Mato Nacional
Ver artigo Imprimir
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

"A aluna Diana Fernandes, do 8.ºA, participou com dedicação e empenho no Corta-Mato, no escalão Iniciados Feminino, tendo alcançado o 1.º lugar na Fase CLDE - Lousada e o honroso 2.º lugar no Corta-Mato Nacional, que decorreu em Açoteias - Albufeira. Parabéns Diana!"



contactar | webmaster
Facebook  Feed Edulink Mobile Mobile Android APP